Anjo eleleth – O Anjo da Paz, Perfeição e Sabedoria

Precisa de orientação e clareza no amor, relacionamento, carreira e muito mais? Clique aqui para obter uma leitura de numerologia personalizada

O Anjo eleleth é uma personagem muito importante no gnosticismo e na tradição gnóstica. Ele ou, talvez ela, também é conhecido como Heleleth ou Sophia. Sendo o Anjo da Paz, Perfeição e Sabedoria. Há toda uma história da qual este anjo faz parte no Gnosticismo. Sendo um dos 4 luminares ou éons.

Anjo eleleth na história da Trindade no Gnosticismo

Essa história pode ser encontrada em The Apocryphon of John. Ele descreve que, no início, havia um único espírito santo e imaculado. Este espírito era e ainda é indestrutível e eterno.

Depois de um tempo, ele cria, porém, a versão feminina de si mesmo. Ela também é conhecida como Barbelo. Mas ela tinha apenas 5 das primeiras propriedades dos espíritos: ela também era invisível, ela possuía presciência, ela era indestrutível e ela tinha vida eterna e verdade.

A Trindade Gnóstica nasce quando os dois espíritos de luz acendem uma centelha criando Autogenes. Que também é conhecido como O Aeon Cristo ou O Ungido. Quando a trindade está completa, eles começam a criar novos éons. Mais especificamente, mais 4 éons ou luminares. Eleleth é um deles.

Os 4 luminares

Existem 4 luminárias criadas pelo primeiro espírito e Autogenes. Eles são:

  • Harmozel – que emana Graça, Verdade e Forma
  • Oroiael – que emana Concepção, Percepção e Memória;
  • Daveithai – que emana Compreensão, Amor e Idéia;
  • Eleleth – que emana Perfeição, Paz e Sabedoria.

Eles são todos criados para servir Autogenes ou Cristo. No Cristianismo, os luminares ou éons também são conhecidos como anjos. Havia 4 outros tipos de seres criados. Cada tipo vivia com uma das quatro luminárias. Eleleth vivia com as Almas. Também conhecido como aqueles seres que ainda não alcançaram a gnose.

Eleleth e Norea

Este conto vem dos tempos de Noah. Quando os arcontes decidiram destruir a humanidade. Quando a arca de Noé termina, Norea tenta embarcar. Com raiva, ela sopra na embarcação e pega fogo. Isso acontece 3 vezes. Os arcontes vêem seu poder e decidem capturá-la.

Um deles era Yaldaboath, mas Norea sabia quem era a criatura. E que ele era um ser das trevas. O arconte fica furioso e tenta estuprar a garota, mas Eleleth chega para salvá-la. Depois de assustar os arcontes, ele revela a Norea suas verdadeiras origens, sendo uma descendente de Deus.

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
x